Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

REUNIÃO DISCUTE OPERAÇÕES DE FISCALIZAÇÃO DE PRODUTOS CONTROLADOS PELO EXÉRCITO

Publicado: Sexta, 01 de Fevereiro de 2019, 09h43 | Última atualização em Sexta, 01 de Fevereiro de 2019, 10h15 | Acessos: 795

A 2ª Região Militar promoveu, no dia 31 de janeiro, a Reunião Anual de Coordenação das Operações de Fiscalização de Produtos Controlados pelo Exército no âmbito do Estado de São Paulo. O tema central do evento foi a intensificação das operações interagências como forma de racionalizar o uso do recurso público e potencializar o poder de polícia das agências participantes.

A reunião, que se encontra em sua 3ª edição, ocorreu no Quartel-General do Ibirapuera e teve por finalidade integrar os órgãos de segurança e ordem pública nas esferas federal, estadual e municipal, bem como representantes do Poder Judiciário, Ministério Público e agências reguladoras para, de forma sinérgica, somarem seus esforços com o Exército Brasileiro no planejamento e condução das atividades de fiscalização de produtos controlados.

Além de estreitar a cooperação entre os órgãos citados, a 2ª Região Militar busca cooperar com o esforço no combate aos ilícitos praticados com a utilização de explosivos, o contrabando de armas e munições e demais produtos controlados pelo Exército que podem trazer risco à sociedade.

 Estiveram presentes no evento o Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Luiz Eduardo RamosBaptista Pereira, o Secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, General de Exército João Camilo Pires de Campos, o General de Divisão Adalmir Manoel Domingos, Comandante da 2ª Região Militar, o General de Divisão André Luis Novaes Miranda, Comandante da 2ª Divisão de Exército, o General de Brigada Paulo Alipio Branco Valença, Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Sudeste, o Delegado Geral da Polícia Civil, Ruy Ferraz Fontes, o Comandante geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Coronel PM Marcelo Vieira Salles, entre outras autoridades civis e militares.

Números

Em 2018, o Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 2ª Região Militar realizou seis operações, apreendendo 20.875 kg de explosivos, 64.280 metros de cordel detonante, 30.370 unidades de acessórios de explosivos e 1.540 armas de pressão/airsoft, entre outros produtos controlados.

A perspectiva para 2019 é o incremento das operações de produtos controlados no Estado de São Paulo, com maior ênfase na prevenção aos desvios de armas, munições e explosivos.

 

Fonte: Site CMSE

registrado em:
Fim do conteúdo da página